O que é a Velocidade do Obturador, a Abertura e o ISO

O que é a Velocidade do Obturador, a Abertura e o ISO

Quando clicamos no botão do obturador da nossa maquina e logo de imediato vemos o resultado final da nossa fotografia e pensamos! Não era nada disto que eu tinha imaginado como ia ficar, mas afinal…

o que é a Velocidade do Obturador, a Abertura e o ISO, e qual a sua importância no resultado final das nossas fotografias?

O que é o ISO:

O ISO determina a sensibilidade do sensor à luz, sendo que quando mais alto mais sensível à luz está o seu sensor.

O que é a Abertura:

A abertura controla o diafragma da lente, que por sua vez controla a quantidade de luz que viaja desde a lente até ao sensor da sua máquina. A definição de abertura é indicada pelo número de F, ou seja quando menor for o número de F, mais aberto está o nosso diafragma e quanto maior for o número de F, mais aberto o diafragma se encontra. (Isto está mal, está sempre mais aberto????)

O que é a Velocidade do obturador:

A velocidade de obturação indica a velocidade a que a cortina se abre e fecha, quando mais rápido, menos entrada de luz e vice-versa. Esta velocidade é medida em fracções de segundos.

A combinação destes três elementos representam um valor de exposição para um determinado contexto. Qualquer alteração em qualquer um dos três terá um determinado impacto na imagem final. Se por exemplo você aumentar um F-Stop, diminui a abertura do diafragma da lente, reduzindo assim a quantidade de luz que atinge o sensor, mas em contrapartida aumenta também a profundidade de campo da imagem final.

Reduzir a velocidade do obturador afecta a forma como o movimento é capturado, ou seja, pode produzir imagens com arrastamento, com mais luz e profundidade de campo. No entanto, se aumentar a velocidade do obturador vai congelar o seu assunto, reduzir a profundidade de campo e tornar a imagem mais escura. Aumentar o ISO, permite fotografar em condições de luz menos favoráveis, no entanto irá adicionar mais ruído às suas fotografias.

iso-abertura-velocidade

Como pode ver, estes três elementos estão interligados e não funcionam independentemente uns dos outros, qualquer alteração em um deles, terá reflexos na imagem final.

ISO:

As iniciais ISO significam International Standards Organization. A norma ISO 1232:2006 pode variar entre 25 a 3200(ou mais), e indica a sensibilidade do sensor em relação à quantidade de luz.

Quando mais baixo o valor de ISO, menos sensível o sensor se torna à luz, e por sua vez a imagem final é mais uniforme, com menos ruído e mais recorte.

Quanto maior o valor do ISO, mais sensível o sensor se torna à luz, no entanto produzirá imagens com mais ruído digital e menos recorte.

iso

Abertura:

A abertura do diafragma determina a quantidade de luz que passa através da lente até o sensor Um F-Stop pequeno, como por exemplo F/2, deixa passar uma enorme quantidade de luz, mesmo em velocidades mais rápidas, enquanto um F-Stop maior, tipo F-22, deixa passar uma quantidade de luz muito menor, ou seja podemos ter que reduzir a velocidade de obturação para que a imagem não fique sub-exposta.

Uma curiosidade: independentemente da distância focal de uma lente, o F-Stop é sempre constante, isto é, derivado a uma equação aritmética que determina a quantidade de luz que passa através da lente, seja ela de 28mm ou 150mm, com determinada velocidade do obturador. O tamanho do diafragma varia, mas a quantidade de luz é exactamente a mesma.

profundidade-de-campo

Velocidade de obturação:

A velocidade de obturação é medida em fracções de segundo e indica o quão rápido as cortinas se abrem e fecham, o que controla a quantidade de luz que entra no sensor da máquina.

A velocidade de obturação permite captar uma imagem em fracções de segundo, mas também poderemos captar uma imagem em três ou quatro segundos ou permanecer com o obturador aberto por mais tempo Desta forma obteremos as chamadas longas exposições, úteis para captar paisagens nocturnas, quedas de água com aquele efeito seda, etc.

A velocidade do obturador dá-nos o controlo de como queremos registar o momento. Se por um lado queremos congelar a imagem (por exemplo em desporto normalmente usam-se velocidades de obturação superiores a 1/250 para congelar a acção e destacando mais o primeiro plano) por outro, se usarmos velocidades mais lentas, como por exemplo 1/30, a acção irá ficar com um efeito de arrastamento.

velocidade-obturador

Conclusão

Uma das grandes vantagens da fotografia digital é o facto de podermos testar e testar vezes sem conta e sem custos, ou seja, a melhor maneira de aprender é mesmo testando, saia à rua e experimente o ISO, as aberturas e as velocidades de obturação. Deixe os modos automáticos em casa, coloque a sua máquina em modo manual e experimente, vai ver que ao fim de algum tempo todos estes valores lhe soam naturais e você rapidamente os poderá ajustar da melhor forma para que consiga o resultado final que idealizou.

Equipamento utilizado:

Diy caixa de luz ikea

Canon EOS 60D Digital SLR

Tripé Hama Traveller Mini Pro

Canon EF 17-40 mm f/4.0 L USM Lens

 

Jorge Lima

Escrito por Jorge Lima

Olá, o meu nome é Jorge Lima sou programador Web, vivo na bela cidade do Porto e … Gosto de curtir a vida e compartilhar bons momentos...

Artigos Relacionados
  • Diy caixa de luz ikea

    Diy caixa de luz ikea

    Nestes momentos de dificuldades económicas, nada melhor do que soluções baratas. Foi a pensar nisso que decidi desenvolver este. [...]

1 Comentário

Deixe seu comentário


Warning: file_put_contents(): Only 4096 of 39187 bytes written, possibly out of free disk space in /home/foto/public_html/wp-content/advanced-cache.php on line 957

Fatal error: Uncaught exception 'Exception' with message 'Quick Cache: failed to write cache file for: `/tutoriais/velocidade-do-obturador-abertura-iso/`; possible permissions issue (or race condition), please check your cache directory: `/home/foto/public_html/wp-content/cache/quick-cache/cache`.' in /home/foto/public_html/wp-content/advanced-cache.php:965 Stack trace: #0 [internal function]: quick_cache\advanced_cache->output_buffer_callback_handler('<!DOCTYPE html ...', 9) #1 /home/foto/public_html/wp-includes/functions.php(3282): ob_end_flush() #2 [internal function]: wp_ob_end_flush_all('') #3 /home/foto/public_html/wp-includes/plugin.php(496): call_user_func_array('wp_ob_end_flush...', Array) #4 /home/foto/public_html/wp-includes/load.php(613): do_action('shutdown') #5 [internal function]: shutdown_action_hook() #6 {main} thrown in /home/foto/public_html/wp-content/advanced-cache.php on line 965